quinta-feira, 18 de março de 2010

Leis da atração


Nosso universo está sujeito a inúmeras leis, dentre as quais podemos citar as leis da atração. Não, gente! Não é a atração causada pela Lei da Gravidade, seu ignorante! Você pode achar que estamos em uma propaganda de Nescafé (onde uma coisa puxa a outra), mas é exatamente o que acontece em nosso dia-a-dia. Vejamos alguns exemplos:

1) Pobre e funk - É mais comum ver um Chevette 86 ou uma BMW tocando funk alto na porta da sua casa às 3:30 da manhã de uma terça-feira?

2) Bebedeira e mulher feia - Vai dizer que você nunca saiu com uma baranga e deu aquela desculpa tradicional do tipo "Eu estava bêbado"? Outra desculpa para a baranga da noite passada é a maldita aposta com os seus amigos para ver quem pega a mais feia do local, onde o sortudo recebe como prêmio de consolação uma rodada paga pelos amigos que não obtiveram êxito com as "gatas". Agora me diz, vale realmente a pena uma dose de 51 por uma noite que seus amigos irão lembrar por toda a sua vida (e te gastar por isso)?

3) Ação e reação/Queda livre - Já reparou que, quanto maior for o esforço para agarrar um objeto em queda livre, maior será destruição em volta do local da queda? Inclusive, ela é ainda maior do que se deixássemos a pemba do objeto cair naturalmente.

4) Dedinho do pé e a ponta de móveis - Porra! Essa é a pior. Quando você está com um sapato fechado, nunca há o choque do seu pé com aquela arca de madeira maciça que sua mãe não joga fora porque diz que é herança de família. Agora, experimente andar descalço pela sala de sua casa.

5) Atendente e o tradicional "Ném" - Putz! Essa é igualmente horrível. Imagine você depois de um dia estressante de trabalho, sem almoço, saindo depois de seu horário, chovendo e, ainda por cima, perdendo o ônibus que só passa agora depois de uma hora. Então, você resolve ir a qualquer estabelecimento do ramo alimentício para passar o tempo e a fome. Ao chegar no balcão, uma jovem vem ao seu encontro e lhe pergunta: "Ném, vai querer o que?". Me diga, o problema da sua fome já foi resolvido com essa palavra mágica, não foi? E a chuva forte da qual você correu? Agora não lhe parece ser melhor do que isso?

Enfim, eu poderia ficar aqui durante horas citando exemplos reais da "Lei da Atração", mas prefiro deixar isso para uma outra ocasião. Se você lembrar de algum exemplo e quiser compartilhar conosco, será muito bem aceito.
Desde já, agradeço pela sua falta do que fazer e pela leitura desta porcaria acima.

4 comentários:

  1. Quando programamos algo, antecipadamente, pro fim de semana. Ficamos: "Vai fazer sol, vai fazer sol, vai fazer sol". E... chove!
    E na segunda-feira amanhece alquele dia ensolarado..
    Fim de semana programado atrai chuva.
    Blog criativo..
    Só falta "blogar" mais... mas se o ócio deixar...

    ResponderExcluir
  2. Blog bacana, divertido e criativo. Quanto ao 5° item, preciso dizer que vivo isso na prática. Os queimadenses, de um modo geral, aderiram o 'nem' como pronome de tratamento.

    Ô, sorte! :P

    ResponderExcluir
  3. Adorei o blog... E queria acrescentar algo essencial ao ítem 4. Não é só qdo andamos descalços que batemos o dedinho do pé, isso até acontece, só que a lei toma outra proporção e exerce toda sua força qdo vc MACHUCA O DEDO DO PÉ. O pé passa a atrair não só os móveis, mas outros objetos inanimados são atraidos para os dedos feridos que doem de tal forma que preferíamos arrancá-los. Fazer o que... É A LEI!!

    ResponderExcluir
  4. Adorei o blog!
    Tah muito maneiro!

    ResponderExcluir